Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

Este é o plano... de Satanás

"Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim? ... Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal." - Gênesis 3:1;4-5
Este é o plano de Satanás desde o jardim do Éden até aos nossos dias:

Dúvida - Fazer-nos questionar a Palavra de Deus e a Sua bondade.
Desencorajamento - Fazer-nos olhar para os nossos problemas, e não para Deus.
Desvio - Faz as coisas erradas parecerem atraentes a ponto de as desejarmos muito mais do que às coisas certas.
Derrota - Faz-nos sentir fracassados para que não tenhamos sequer ânimo para nos tentarmos aproximar de Deus.
Demora - Faz-nos adiar algo de forma a que nunca o consigamos terminar.

Deus ensina-nos: "Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." - Tiago 4:7
Bíblia de Estudo e Aplicação Pessoal

O QUE DIZ A BÍBLIA SOBRE O CASAMENTO

O casamento é uma ideia de Deus. - "E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe- ei uma ajudadora idônea para ele.
Havendo, pois, o Senhor Deus formado da terra todo o animal do campo, e toda a ave dos céus, os trouxe a Adão, para este ver como lhes chamaria; e tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome. E Adão pôs os nomes a todo o gado, e às aves dos céus, e a todo o animal do campo; mas para o homem não se achava ajudadora idônea. Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar; a a Adão. E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada. Gênesis 2:18-24

 

O compromisso é essêncial para um casamento bem sucedido. - "E chamaram a Rebeca, e disseram- lhe: Irás tu com este homem? Ela respondeu: Irei. Então despediram a Rebeca, sua irmã, e sua ama, e o servo de Abraão, e seus homens. E abençoaram a Rebeca, e disseram-lhe: Ó nossa irmã, sê tu a mãe de milhares de milhares, e que a tua descendência possua a porta de seus aborrecedores!" Gênesis 24:58-60

 

O romance é importante. - "E aconteceu que, vendo Jacó a Raquel, filha de Labão, irmão de sua mãe, e as ovelhas de Labão, irmão de sua mãe, chegou Jacó, e revolveu a pedra de sobre a boca do poço e deu de beber às ovelhas de Labão, irmão de sua mãe. E Jacó beijou a Raquel, e levantou a sua voz e chorou." Gênesis 29:10-11

 

 

O casamento proporciona momentos de imensa felicidade. - "E farei cessar nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém, a voz de gozo, e a voz de alegria, a voz de esposo e a voz de esposa; porque a terra se tornará em desolação." Jeremias 7:34

 

O casamento cria o melhor ambiente para a criação dos filhos. - "E dizeis: Por quê? Porque o Senhor foi testemunha entre ti e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira, e a mulher da tua aliança. E não fez ele somente um, ainda que lhe sobrava o espírito? E por que somente um? Ele buscava uma descendência para Deus. Portanto guardai-vos em vosso espírito, e ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade." Malaquias 2:14 15    

 

A infidelidade quebra o vínculo da confiança, que é a base de todos os relacionamentos. - "Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de fornicação, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério." Mateus 5:32           

 

O casamento é permanente. - "Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem." Mateus 19:6

 

O correcto é que apenas a morte dissolva um casamento. - "Porque a mulher que está sujeita ao marido, enquanto ele viver, está-lhe ligada pela lei; mas, morto o marido, está livre da lei do marido. De sorte que, vivendo o marido, será chamada adúltera se for de outro marido; mas, morto o marido, livre está da lei, e assim não será adúltera, se for de outro marido." Romanos7:2-3                                                                                                                                                                             

 

O casamento é baseado nos princípios práticos do amor, não em sentimentos. - "Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus. Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos. Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja; Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos. Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne. Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja. Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido." Efésios 5:21-33

 

O casamento é um símbolo vivo de Cristo e a Igreja. - Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos. Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja; Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos. Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne. Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja." - Efésios 5:23-32

 

O casamento é bom e honroso. -  "Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará." - Hebreus 13:4

 

 

Bíblia de Estudo e Aplicação Pessoal

 

O que é que te desencoraja?

"Então disse eu: Ó Senhor DEUS, eles dizem de mim que não passo de um contador de parábolas!"  - Ezequiel 20:49



Ezequiel estava exasperado e desencorajado. Muitos israelitas reclamavam que ele falava apenas por enigmas e, por essa razão, recusavam-se a ouvi-lo. Não importa o quão importante seja o nosso trabalho ou quão significativo seja o nosso ministério, é certo que experimentaremos momentos de desânimo. Aparentemente Deus não respondeu ao argumento de Ezequiel; em vez disso, deu-lhe outra mensagem para proclamar.
_ O que é que te desencoraja?
_ Já sentiste vontade de desistir?
Não desistas; continua a fazer o que Deus preparou para ti. Ele promete recompensar os fiéis "... mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo." (Marcos 13:13b).
A cura de Deus para o desânimo pode ser a designação de outra tarefa. Servindo aos outros, podemos encontrar a renovação de que tanto precisamos.

 

 

Sobre a cessação dos dons espirituais:

"... mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado." -1... Coríntios 13:8-10

Sobre a cessação dos dons espirituais:
Respeitando e amando os que acreditam nisso, a verdade é que a exegése que fazem de 1 Coríntios 13:8-10, é, no mínimo, pobre e fácil de contrariar.
Claro que isso não vai mudar ideias cauterizadas {#emotions_dlg.sidemouth} mas nada nos impede de questionar e ensinar aos que são ensináveis claro!
Eu creio que os dons do Espírito Santo nunca cessaram e, a Bíblia, ao contrário de alguns teólogos, não nos diz nada parecido com isso.
O texto usado para afirmar que os dons cessaram é: "O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado." -1 Coríntios 13:8-10
Colando "quando vier o que é perfeito" à suposição errada de que "o que é perfeito" é a Palavra de Deus em toda a sua revelação, os cessacionistas decidiram que Paulo se referia aos dons espirituais e não à 2ª volta de Cristo!
O argumento que usam, diz que o apóstolo Paulo ensina que os dons foram temporários e que, assim que tivéssemos as Escrituras do Novo Testamento completas, os dons não mais seriam necessários. Portanto, desde o fim da era apostólica nunca mais existiram tais dons, e é muito errado desejá-los.
Seria um exercício de inteligência e independência perceber que, o que Paulo diz acerca dos dons (como as línguas e a profecia), diz também acerca do conhecimento {#emotions_dlg.sidemouth}Ora, para sermos coerentes teríamos que dizer que, visto que já temos as Escrituras, o conhecimento deixou de existir, a ciência desapareceu, mas... sabemos que nada disso aconteceu, certo?
O apostolo Paulo, no vers. 10 contrasta a verdade sobre a Igreja na terra, com o que será verdade sobre nós como membros da Igreja quando finalmente seremos glorificados, ao dizer: "Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido." (1 Coríntios 13:12).
É quase inconcebível que as pessoas coloquem os dons e o amor como opostos e digam que o dom do amor põe os outros dons na rua, ou que Paulo diz que não devemos levar os demais dons em conta... Isso não é interpretação, é preconceito!
Foto: "... mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado." -1 Coríntios 13:8-10Sobre a cessação dos dons espirituais:Respeitando e amando os que acreditam nisso, a verdade é que a exegése que fazem de 1 Coríntios 13:8-10, é, no mínimo, pobre e fácil de contrariar. Claro que isso não vai mudar ideias cauterizadas... mas nada nos impede de questionar e ensinar :) aos que são ensináveis claro!Eu creio que os dons do Espírito Santo nunca cessaram e, a Bíblia, ao contrário de alguns teólogos, não nos diz nada parecido com isso. O texto usado para afirmar que os dons cessaram é: "O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado." -1 Coríntios 13:8-10Colando "quando vier o que é perfeito" à suposição errada de que "o que é perfeito" é a Palavra de Deus em toda a sua revelação, os cessacionistas decidiram que Paulo se referia aos dons espirituais e não à 2ª volta de Cristo! O argumento que usam diz que o apóstolo Paulo ensina que os dons foram temporários e que, assim que tivéssemos as Escrituras do Novo Testamento completas, os dons não mais seriam necessários. Portanto, desde o fim da era apostólica nunca mais existiram tais dons, e é muito errado desejá-los. Seria um exercício de inteligência e independência perceber que, o que Paulo diz acerca dos dons (como as línguas e a profecia), diz também acerca do conhecimento... Ora, para sermos coerentes teríamos de dizer que, visto que já temos as Escrituras, o conhecimento deixou de existir, a ciência desapareceu ;), mas... sabemos que nada disso aconteceu, certo?O apostolo Paulo, no vers. 10 contrasta a verdade sobre a Igreja na terra, com o que será verdade sobre nós como membros da Igreja quando finalmente seremos glorificados, ao dizer: "Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido." (1 Coríntios 13:12).É quase inconcebível que as pessoas coloquem os dons e o amor como opostos e digam que o dom do amor põe os outros dons na rua, ou que Paulo diz que não devemos levar os demais dons em conta... Isso não é interpretação, é preconceito!

Nem que o apelo às emoções seja o MEIO e a gritaria o CULMINAR

"Somente as Escrituras nos dão a estrutura necessária para recebermos e suportarmos a Glória de Deus. Não há AVIVAMENTO fora das Escrituras."

Nem que o apelo às emoções seja o MEIO e a gritaria o CULMINAR...  fora das Escrituras não há avivamento e, sem santidade não há baptismo do Espírito Santo.
O resto... são fait divers!  
Onde é que está escrito que todos aqueles que são baptizados pelo Espírito Santo têm que falar em línguas quando os líderes ordenam ou quando as emoções estão ao rubro, totalmente fora de controle?  
Será que todas as Bíblias têm isto escrito? _"Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular. E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.   _ Porventura são todos apóstolos?   _ são todos profetas?   _ são todos doutores?   _ são todos operadores de milagres?   _ Têm todos o dom de curar?  
A resposta a estas perguntas do Apóstolo Paulo, é um rotundo: NÃO!  
E não passa a ser SIM para esta: " _ falam todos diversas línguas?" (1 Coríntios 12:27:30)  
A verdade que a Bíblia nos ensina é que NEM todos falam diversas línguas e nem todos devem falar línguas ininteligíveis na igreja porque, a resposta à pergunta: "_ interpretam todos?", continua a ser NÃO e o Apóstolo Paulo ensinou-nos: " se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus." (1 Coríntios 14:27-28)  
O que será que Paulo queria dizer, quando ensinou: "Se, pois, toda a igreja se congregar num lugar, e todos falarem em línguas, e entrarem indoutos ou infiéis, não dirão porventura que estais loucos?" (1 Coríntios 14:23)?
 
Amados... toda a Bíblia é a Palavra de Deus!  
Não podemos ignorá-la quando contraria o Dogma que diz que os Pentecostais têm que gritar, saltar, bater com os pés no chão e perder o controle para que o Espírito Santo os venha encher!  
_ Será que o Espírito Santo não baptiza no silêncio, na calma ou na tranquilidade?  
_ Será que Ele só baptiza aqueles que fazem muito barulho e O intimam a agir, será que Ele só desce sobre quem se deixa dominar pelas emoções?  
_ Afinal... somos nós que O lideramos e Lhe ordenamos aos gritos que nos encha; ou Ele é o Deus Todo Poderoso e Soberano? O Deus que age como, quando, onde e em quem Ele quer? Porque será que alguns dogmas só servem para que uns se sintam crentes de primeira, e os outros... crentes de segunda.
Deus nos dê discernimento e nos ajude a obedecer aos Seus ensinos!

A História da Criação _ O Princípio

No princípio criou Deus o céu e a terra. - Génesis 1:1
Algumas vezes desejamos saber como surgiu este mundo. E, aqui, está a resposta. Deus criou a terra e tudo o que nela há. Ele fez o homem à Sua imagem. Embora possamos não entender a complexidade da maneira como Ele a criou, está claro que Ele foi de facto o Criador de toda a vida. Isto mostra não apenas a autoridade de Deus sobre a humanidade, mas também o seu profundo amor pelas pessoas.

O PRINCÍPIO

A Bíblia não discute o tema da evolução. Pelo contrário, o seu parecer afirma que Deus criou o mundo. A visão bíblica da criação não entra em conflito com a ciência, mas sim com as teorias que apontam para um princípio sem O Criador.

Cristãos comprometidos e sinceros têm discutido sobre a criação e têm chegado a diferentes conclusões. É claro que isto é esperado porque as provas são muito antigas, e devido às devastações das eras, bem fragmentadas. Os estudantes da Bíblia e da ciência devem evitar polarizações. É preciso cuidado para não tentar fazer com que a Bíblia diga o que não diz. Da mesma forma, o estudante da ciência não deve dizer algo que a ciência não diz. As teorias, conforme o próprio nome indica, não passam de teorias: não podem ser provadas científicamente!

O aspecto mais importante desta discussão não é o processo, mas a origem da criação. O mundo não é produto do acaso nem de probabilidades; Deus criou-o.

A Bíblia  não nos diz apenas que o mundo foi feito por Deus, ela também nos mostra quem é Deus. Ela revela a personalidade d'Ele, o Seu carácter e o seu plano para a criação. Além disso, a Bíblia tembém revela o desejo mais profundo de Deus; relacionar-se com as pessoas que Ele criou.

Deus deu o último passo em direcção à reconciliação connosco através da Sua visita histórica ao nosso planeta, na Pessoa de Seu Filho, Jesus Cristo. Podemos conhecer de maneira bem pessoal este Deus que criou o Universo.

Os céus e a terra estão aqui. Nós estamos aqui. Deus criou tudo o que vemos e experimentamos. O livro de Génesis inicia-se assim: "No princípio criou Deus o céu e a terra."

Aqui começamos a mais excitante e completa jornada imaginável!

 

 

 

Clamem e sejam salvos.

"Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu. E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia. Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conh...ecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados, Mas uma certa expectação horrível de juízo, e ardor de fogo, que há de devorar os adversários." - Hebreus 10:23-27

 

Quando ignoramos a direcção do Espírito Santo, aquEle que nos transmite o amor salvador de Deus, rejeitamos a preciosa dádiva de Deus.
Esta advertência "já não resta mais sacrifício pelos pecados," foi dada aos cristãos judeus que eram tentados a rejeitar a Cristo, trocando-O por uma volta ao judaísmo ou por uma religião, e a todos aqueles que, tendo entendido a obra expiatória de Cristo, deliberadamente se desviaram dela. O ponto principal é que não existe nenhum outro sacrifício aceitável pelo pecado além da morte de Cristo na cruz. Se alguém rejeitar deliberadamente o sacrifício de Cristo, depois de entender claramente o ensino das Boas Novas, então, não há nenhuma outra maneira para que esta pessoa seja salva, porque Deus não estabeleceu nenhum outro nome no céu, nem na terra, ao qual as pessoas clamem e sejam salvas.

 

 

ESPÍRITO SANTO

"Trate o Espírito Santo como deve ser tratado! Adore-O como Senhor e Deus, digno de toda a adoração. Nunca trate o Espírito Santo como se fosse um objecto, nem fale d'Ele como se fosse uma doutrina, uma influência ou um mito ortodoxo. Reverencie o Espírito Santo, ame-o, e creia n'Ele com uma confiança familiar, porém reverente. Ele é Deus, deixe-O ser Deus para si!"

C. H. Spurgeon

 

 

ESCOLHIDOS!

"Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos." - Mateus 22:14

Para mim a palavra ESCOLHIDOS não tem qualquer outra interpretação que não aquela que vemos nas Escrituras!
É o Espírito Santo quem nos capacita a entender o evangelho; é Ele que influencia a nossa vontade convencendo-nos da nossa condição miserável perante a santidade de Deus; é Ele que nos tira da nossa condição de rebeldia e nos ajuda a obedecer à verdade; é Ele quem nos ensina e nos conforta.
O Pai planeou desde a fundação do mundo, o Filho redimiu, o Espírito Santo aplica essa redenção aos nossos corações e nós nascemos de novo.
Portanto, nada depende de nós, tudo depende do Deus que nos salvou. A mente humana, por natureza, não entende as coisas de Deus.
Quando olho para o Deus Todo Poderoso que me escolheu apesar de mim mesma, só me resta cair de joelhos e agradecer-Lhe uma tão grande graça e misericórdia!  A Ele toda a glória! Aleluia!

Pág. 1/3