Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

A Tentação de Ser Bem-Sucedido

Jesus havia resistido com força; contudo, Satanás veio a Ele novamente, buscando fazer com que Jesus vacilasse em sua lealdade ao pai. Em Lucas 4:5-7, encontramos Satanás mostrando a Jesus um panorama de todos os reinos do mundo. Ele tentou fazer com que Jesus negasse seu compromisso em buscar a vontade e a honra de seu Pai. Ele queria que Jesus abandonasse aquela busca e, ao invés disso, buscasse sua própria glória. Ele apelou para que Jesus fosse "bem-sucedido".

Satanás insinuou que ele mesmo tinha a posse de todos os reinos do mundo. Tentou lograr Jesus com: "Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero." (Lucas 4:6). Ele é um usurpador! De acordo com o Salmo 2, todas as nações foram prometidas ao Messias. Não obstante, o grande enganador procurou seduzir Jesus, dizendo em essência: "Pense Jesus. Você pode ter todos esses reinos sem enfrentar a vergonha e a dor da cruz! Isso não seria óptimo? Você pode ter a coroa sem a cruz! Aí está um bom atalho"!

Esta oferta era atraente. Contudo, havia um pequeno "detalhe". Havia um preço que Jesus teria que pagar, se aceitasse a oferta de Satanás. Satanás disse: "Portanto, se tu me adorares, tudo será teu." (Lucas 4:7). Satanás procurava fazer com que Jesus o adorasse, em vez de adorar o Pai celestial. Que mercenário enganoso Satanás é! Entretanto, note como Jesus respondeu.

Uma vez mais Jesus recusou-se a comprometer sua santidade _ sua dedicação ao Pai celestial. Ao invés de adorar o Diabo, Jesus respondeu-lhe, recorrendo a Deuteronômio 6:13. "Adorarás o SENHOR teu Deus, e só a ele servirás." (Lucas 4:8). O que é que Jesus replicou? Ele disse: Só Deus é soberano. Só Ele é digno da nossa adoração e serviço. Não importa o custo, devemos adorar somente a Deus".

Jesus não veio a esta terra para ser bem-sucedido aos olhos do mundo. Ele "não veio para ser servido, mas para servir, e dar a sua vida em resgate de muitos" (Mateus 20:28). Jesus não seria enganado pela maquinação enganosa de Satanás para fazê-Lo "bem-sucedido", malogrando a cruz. Jesus estava disposto a manter sua santidade _ sua lealdade ao pai celestial. Ele estava disposto a seguir o caminho traçado pelo Pai, não importando o quão doloroso e humilhante esse caminho pudesse ser.

 

 

Texto retirado do livro:

"Andando nos Passos de Jesus"

Larry McCall

 

A Tentação de Ser Egoísta

O primeiro ataque de Satanás está registado em Lucas 4:3. Ali encontramos: "E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão." Você poderia imaginar o quanto Jesus estava faminto, após 40 dias de jejum? Cada uma das milhares de pedras que via diante dos seus olhos devia lembrá-lo do pão asmo que comera quase todos os dias de seus trinta anos nesta terra.

Satanás atacou a lealdade de Jesus a seu Pai celestial, apelando para seu legítimo apetite físico por comida, do mesmo modo como fez com Adão e Eva (Gênesis 3:6) e com os filhos de Israel (Salmos 78:18).

Assim, Satanás distorceu sua sedução, tentando fazer com que Jesus satisfizesse seu legítimo desejo por comida de um modo ilegítimo. O apelo veio com o prefácio: "Se és o Filho de Deus". De facto, seria bem apropriado traduzir esta frase como: "Tire vantagem de ser Filho! Veja, você está com fome. Você não tem que esperar que seu Pai satisfaça suas necessidades. Talvez Ele não satisfaça! Mas, você tem o poder de satisfazer-se. Vá em frente! Você tem o poder! Use-o! Satisfaça-se! Seja independente! Seja egoísta!"

Como é que Jesus respondeu à tentação de se satisfazer ilegitimamente? Ele citou Deuteronômio 8:3 e replicou: "Está escrito que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus." Lucas 4:4. Porque é que Jesus citaria este versículo em particular? Parece que Jesus insistia com Satanás, inferindo: "Não são realmente as coisas materiais que contam na vida e sim a confiança e a lealdade de alguém ao que quer que Deus diga."

Jesus indicava que o homem é mais do que um animal com apetites físicos. Ele é um ser espiritual, em um relacionamento especial com o próprio Deus. A esperança do homem não está tanto no suprimento, mas no Supridor _ não tanto da dádiva, mas no Doador. Jesus resistiu claramente a Satanás e manteve sua santidade, entregando ao adversário a mensagem: "Posso confiar em meu Pai. Minha confiança não está naquilo que Ele providencia e sim no facto de que Ele é o meu Pai. Confio no meu Pai celestial. Não serei egoísta. Serei leal ao meu Pai".

 

 

 

Texto retirado do Livro:

Andando nos Passos de Jesus

Larry McCall

Não há esperança para...

Não há esperança para alguém que se apoia em qualquer noção especulativa de Jesus ou de Quem Jesus é.
Vejamos o que a Bíblia nos diz sobre "a inseparável igualdade Divina do Pai e do Filho":
"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez." João 1:1-3
"Nisto conhecereis o Espírito de Deus: Todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus; E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que já está no mundo." 1 João 4:2-3 "Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. Nisto se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos." 1 João 4:8-9
"Para que todos honrem o Filho, como honram o Pai. Quem não honra o Filho, não honra o Pai que o enviou." João 5:23
"Eu e o Pai somos um." João 10:30
 

O Engano

"O engano é a maior ameaça enfrentada pela igreja atualmente e devemos estar atentos porque satanás está a fazer seu melhor para distorcer a visão dos fiéis e fazer com que vejam as coisas à sua maneira.

O emocionalismo na adoração é uma de suas ferramentas mais eficientes e quando ele consegue ludibriar um filho de Deus a parar de pensar e começar a "sentir" - a batalha pelo controle da carne está perdida.

A própria oração pode tornar-se um pecado quando abandonamos o pensamento lógico e racional submetendo o intelecto ao controle das emoções. Paulo claramente nos diz que em nossa carne "não habita bem algum" [Romanos 7] e que ela é nossa inimiga espiritual. A emoção é tão natural quanto respirar e quando mantida sob o controle do intelecto ela não é espiritualmente ameaçadora, mas se lhe é permitido fluir livremente _ nada de bom poderá surgir daí. Deus nunca é glorificado pelas exibições da nossa carne."

 

 

Pr Ron Riffe

Ele é Deus!

Jesus não foi criado! Ele é eterno! Ele é Deus!
"Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava?" João 6:62

"De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz." Filipenses 2:5-8
"E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai." Filipenses 2:11

 

 

CUIDADO!

A marca registada das maiores seitas que se auto identificam como "cristãs" é o HUMANISMO. E considero isso a maior "ameaça" nos próximos 10 anos contra o Cristianismo. O cheiro da carniça já está insuportável. E o que me deixa mais chocado são os "detentores" do verdadeiro evangelho abraçando com avidez essa onda de que "o amor" e FAZER pelo próximo é a máxima do Cristianismo. Concordo como meu...
amigo Josemar Bessa: "É possível (e é o que ocorre ) começar a justificar a sua vida unicamente na base de quanto "bem" você faz aos homens. E, gradualmente, a diferença entre um cristão e uma ética humanista desaparece. Não porque o humanista se tornou centrado em Deus (já que isso nunca ocorre), mas porque o cristão tornou-se centrado no homem."
Cuidado com a armadilhas! Não façamos da grande comissão de Cristo uma abominação a Ele.
 

O valor dos números

Mateus 22:14 diz: "Pois muitos são convidados, mas poucos são escolhidos" (NIV). A palavra "convidados" neste versículo pode ser traduzida como "chamados", como em muitas outras traduções. Muitos são de facto "convidados" pelo facto de ouvirem  o chamado externo do evangelho (a pregação), mas somente uns poucos estão entre os eleitos de Deus, e, portanto, as profissões de fé genuínas e permanentes procedem do último grupo.

Esperança

"A esperança do homem não está tanto no suprimento, mas no Supridor _ não tanto na dádiva, mas no Doador. Jesus resistiu claramente a Satanás e manteve Sua santidade, entregando ao adversário a seguinte mensagem: "Posso confiar em meu Pai. Minha confiança não está naquilo que Ele providencia e sim no facto de que Ele é meu Pai. Confio n'Ele. Não preciso fazer as coisas por minhas próprias mãos. Não serei egoísta. Serei leal ao meu Pai!"

 

 

Andando nos Passos de Jesus

Larry McCall

Auto o quÊ?

Cuidado, auto-exame não é o mesmo que auto-piedade, que pode ser viciante como o álcool e igualmente mortal.

Muitos, quando falam dos seus pecados, fraquezas... colocam-se como um mártir diante do pecado malvado, e não como rebeldes diante de Deus. Auto-exame que leva a auto-piedade é incentivado pela carne e não pelo Espírito.

 

 

Josemar Bessa