Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

Os Eleitos de Deus não Podem Perder-se

Esta é a razão por que cremos na eterna segurança segurança _ ou seja, na segurança eterna dos eleitos. A implicação é que Deus operará de tal modo em nós, que todos aqueles que ele escolheu para a salvação eterna serão capacitados por Ele a perseverarem na fé até ao fim, e cumprirão, pelo poder do Espírito Santo, os requisitos quanto a um novo tipo de vida.

Vimos antes, em Romanos 8:30, a inalterável corrente de obras divinas: "E aos que predestinou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou". O que é evidente neste versículo é que aqueles que são chamados de maneira eficaz à esperança da salvação perseverarão realmente até ao fim e serão glorificados. Não há abandonos nesta sequência. Estas são promessas de Deus arraigadas, em primeiro lugar, na eleição incondicional e na graça soberana, que produz a conversão e a perseverança que considerámos antes. Os elos na corrente são inquebráveis, porque a obra salvadora de Deus é infalível, e os Seus compromissos na nova aliança são irrevogaveis.

Outra vez, Paulo estava seguindo os ensinos do Seu Senhor, Jesus Cristo.

"As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; e dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai. Eu e o Pai somos um." (João 10:27-30)
 
"Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; e nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade," ( Efésios 1:4-5)

Vimos antes que ser uma ovelha de Jesus significa ser escolhido por Deus e dado ao Filho. Noutras palavras, a promessa de Jesus de não perder nenhuma das Suas ovelhas é o compromisso soberano do Filho de Deus em perseverar na fé os eleitos, pelos quais Ele deu a Sua vida.

Próximo post: Há um desviar-se de alguns crentes...