Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

O indivíduo beneficia espiritualmente quando a Palavra o leva a abandonar o pecado.

 

 

O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade." - 2 Timóteo 2:19

 

Quanto mais lemos a Palavra com o objetivo definido  de descobrir o que é agradável e o que é desagradável ao Senhor, mais a  Sua vontade se tornará conhecida por nós; e se os nossos corações forem  corretos diante d'Ele, mais ainda os nossos caminhos estarão em harmonia com  a Sua vontade. Só então andaremos "na verdade" (2 João 4).

No  fim do sexto capítulo da segunda epístola aos Coríntios algumas  promessas preciosas são dadas àqueles que se separarem dos incrédulos.  Observemos, naquela passagem, a aplicação feita pelo Espírito Santo. O Senhor não diz: "Tendo, pois, ó amados, tais promessas, consolemo-nos e  nos entreguemos à complacência...", mas  sim:

 

"Ora, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus." - 2 Coríntios 7:1

 "Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado." - João 15:3

 

Eis aqui  outra regra muito importante, por meio da qual nos deveríamos testar com frequência:

_ A leitura  e o estudo da Palavra de Deus está produzindo a purgação de minha  conduta? Desde os dias antigos vinha sendo feita a indagação: "De que  maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho?" E a resposta do  salmista inspirado declara: "Observando-o conforme a tua palavra." - Salmos 119:9

Sim, não basta ler a Palavra, crer nela ou  memorizá-la; mas é preciso haver a aplicação pessoal da Palavra ao nosso  "caminho". É quando "damos ouvidos" a exortações como aquelas que  estipulam: "Fugi da impureza!" (1 Coríntios 6:18), "Fugi da idolatria"  (1 Coríntios 10:14),  "... foge destas cousas..." – da cobiça apaixonada  pelo dinheiro (1 Timóteo 6:11) e "Foge, outrossim, das paixões da  mocidade" (2 Timóteo 2:22), é que o crente é levado a separar-se do mal,  na prática; pois então o pecado não somente tem sido confessado, mas  também tem sido "deixado" (ver Provérbios 28:13).

 

A. W. Pink

Livro: Enriquecendo-se Com a Bíblia, Ed. Fiel, 1979.

No post seguinte veremos como: "O indivíduo se  beneficia espiritualmente quando a Palavra o fortalece contra o pecado."