Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

NÃO TORÇAM AS ESCRITURAS!

 
Nos últimos anos, devido à pressão dos promotores da ideologia de género, algumas pessoas que buscam na Palavra de Deus aquilo que nunca lá encontrarão - a não condenação de Deus para a prática homossexual - têm vindo a argumentar que o homossexualismo contra o qual o Novo Testamento fala é aquele em que as pessoas abusam de outras, e que o homossexualismo monogâmico particular entre adultos que estejam de acordo com tal prática é uma questão diferente. Argumentam que não se pode provar, com bases exegéticas, que semelhante actividade homossexual é proibida. Além disso, argumenta-se que essas são opções culturais do século XXI que não estavam disponíveis no Século I. Portanto, eles afirmam que as proibições neotestamentárias contra o homossexualismo são culturalmente relativas, e dizem que algumas directrizes bíblicas são falsas ou irrelevantes.
 
O problema desses argumentos é que eles não têm respaldo exegético nem histórico. O homossexualismo que Paulo tinha em mente em Romanos 1:24-28 NÃO É do tipo "abusivo", é homossexualismo deliberado entre homens e entre mulheres. Além disso, a palavra usada por Paulo "homossexuais" ("sodomitas", ARA) em 1 Coríntios 6:9 literalmente significa homossexualismo entre homens. Uma vez que a Bíblia como um todo testifica contra o homossexualismo, e que invariavelmente o inclui em contextos morais, e uma vez que simplesmente não tem sido comprovado que as opções para o homossexualismo hoje são diferentes daquelas do século I, parece não haver motivo para o considerar um assunto culturalmente relativo. 
 

verdade.png