Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

Levítico - O Livro mais mal compreendido da Bíblia

Qual é o propósito de Levítico?

_ É um manual para os sacerdotes levitas traçarem as suas responsabilidades quanto à adoração e o guia de uma vida santa para o hebreus.

AuTor:

_ Moisés, no ano 1444-1445 a. C..

Versículo chave:

_ "... Santos sereis, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo" (19:2)

A santidade é mencionada em Levítico mais vezes (152) do que qualquer outro livro da Bíblia.

 

A grande mensagem de Levítico

 

"Deus parece tão distante... se ao menos eu pudesse vê-Lo ou ouvi-Lo..."

Alguma vez te sentiste assim? Lutando contra a solidão, desesperado, cheio de pecado e sobrecarregado de problemas?

Todos fomos feitos à imagem de Deus para termos um relacionamento pessoal e íntimo com Ele. Quando essa comunhão é quebrada, ficamos incompletos e precisamos de restauração. A comunhão com o Deus vivo é a essência da adoração. Ela é vital e atinge o âmago da nossa vida. Talvez seja este o motivo porque existe um livro na Bíblia dedicado à adoração.

Após a dramática saída do Egipto, Israel ficou acampado ao pé do monte Sinai durante dois anos ouvindo a Deus (Êxodo 19 - Números 10). Foi um período de descanso, ensino, construção e encontro com Deus face a face. A redenção de Êxodo é a base para a purificação, adoração e para o culto em Levítico.

 

A grande mensagem de Levítico é a santidade de Deus _ "... Santos sereis, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo" (19:2). Mas, como podem pessoas pecadoras aproximar-se do Deus santo?

Primeiro, é necessário lidar com o pecado. Os primeiros capítulos de Levítico fornecem instruções detalhadas para as ofertas de sacrifício, que constituíam o símbolo activo do arrependimento e da obediência. Quer fossem bois jovens, grãos, cabritos ou ovelhas, as ofertas sacrifíciais tinham que ser perfeitas, sem defeito ou manchas, simbolizando o sacrifício definitivo que estava por vir _ Jesus, o Cordeiro de Deus. Jesus veio e abriu O caminho para Deus, dando a sua vida como sacrifício final em nosso lugar.

 

A verdadeira adoração e unidade com Deus começa quando nos arrependemos, confessamos os nosso pecados e aceitamos o Senhor Jesus Cristo como o único que pode remir-nos do pecado e aproximar-nos de Deus.

Em Levítico, os sacrifícios, os sacerdotes e o Dia da Expiação abriram caminho para os israelitas se chegarem a Deus. O povo também deveria adorar a Deus em toda a sua forma de viver. É por isso que lemos acerca das leis da santidade (caps. 11-15) e das regras para o dia-a-dia referentes à responsabilidade familiar, conduta sexual, relacionamentos, padões do mundo (caps. 18-20) e votos (cap. 27). Tais instruções dizem respeito a um caminhar santo com Deus e a padrões de vida espiritual que ainda se aplicam aos dias de hoje. Por isso, a adoração possui um aspecto horizontal _ o de Deus ser honrado na nossa vida enquanto nos relacionamos com outras pessoas.

 

A ênfase final de Levítico é a celebração. O livro fornece-nos instruções para as festas, que eram ocasiões especiais e regulares em que o povo se lembrava dos feitos de Deus, dando-Lhe graças e dedicando-se mais uma vez para o serviço (cap. 23). As nossas tradições cristãs são diferentes, mas necessárias para a adoração. Também precisamos de dias especiais para adorar e celebrar com os nossos irmãos e para nos lembrarmos da bondade de Deus em nossas vidas.

Ao ler o livro de Levítico, dedique-se novamente à santidade e adore a Deus em particular, nos cultos e em celebrações especiais.

 

Fonte: Bíblia de Estudo e Aplicação Pessoal

 

 

 

1 comentário

Comentar post