Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

ERRO MORTAL!

Durante a sua peregrinação rumo à Jerusalém Celestial, o Cristão passou pela cidade das Boas-Palavras onde encontrou o Sr. Interesse-Próprio que lhe afirmou estar a trilhar o mesmo caminho. Então, o Cristão perguntou-Lhe:
_ Quem são os seus familiares na Cidade das Boas-Palavras?
_ Na verdade, respondeu o Sr. Interesse-Próprio, quase toda a cidade. Em particular nobres tais como: os  Lord's  Vira-casaca, Oportunista e Boas- Palavras, cujos ancestrais tomaram para si o nome da cidade e os também nobres: Sr. Afago, Sr. Duas-Caras, Sr. Qualquer-Coisa e o sacerdote da paróquia o Sr. Desonesto, irmão da minha mãe pelo lado paterno. Com esta linhagem, tornei-me um cavalheiro de boa qualidade, embora o meu avô não passasse de um barqueiro que olhava para um lado e remava  para o outro. A minha esposa é uma mulher muito virtuosa, filha de mãe virtuosa: ela é filha de Lady Impostora. Com isso podemos concluir que ela descende de uma família muito respeitável e chegou a tão elevado nível em sua educação que sabe como lidar com todos, seja príncipe ou camponês. É verdade que divergimos em nossa religião daqueles que são mais severos em suas crenças. Nunca nos colocamos contra o vento ou contra a maré. Somos sempre mais zelosos quando a religião se apresenta com os seus sapatos de prata, pois adoramos andar com eles pelas ruas quando o sol brilha e todos podem ver-nos e aplaudir-nos.
Perante esta apresentação, o Cristão afastou-se um pouco com Esperançoso e disse-lhe:
"_ Se não me falha a memória, esse sujeito é o tal Interesse-Próprio, nascido em boas-Palavras. E, se ele for de facto quem penso que seja, temos em nossa companhia o maior de todos os desonestos."
O Cristão acabou por dizer ao Sr. Interesse-Próprio  que, caso desejasse prosseguir com eles rumo à Jerusalém Celestial, teria que ir contra o vento e remar contra a maré.
Quando olhamos para esta analogia no livro "O Peregrino", percebemos que não é este o caso de muitos que se declaram cristãos nos dias de hoje?
O Espírito da Verdade diz: "De facto todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições." (2 Timóteo 3:12). Muitos são os que vivem como se houvessem descoberto a arte de tornar o Espírito da Verdade um mentiroso. Para estes, sua conduta é tão correcta e precisa que apregoam serem seguidores de Cristo, mas ainda tentam manter o comportamento mundano, que é inimizade contra eles. Esse é o mais mortal dos erros. 
Livro: O Peregrino
John Bunyan