Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

Como florescem as heresias - Heresias Recicladas

Há por aí heresias de vários tipos que não são novas.

Durante a reforma, havia um profeta chamado Thomas Munster, que acreditava que a Bíblia era muito difícil de interpretar. Ele dizia que era preciso um intérprete sacro, o qual não era a Igreja, mas o testemunho interno do Espírito. A Bíblia, declarava ele, era apenas papel e tinta. “Bíblia, Babel, bolha!”, proclamava.

Usando a mesma Escritura, tal e qual como os falsos profetas actuais, ele justificava a sua posição doutrinária com a declaração: “… a letra mata, e o Espírito vivifica” (2 Coríntios 3:6).

Lutero respondeu‐lhe que a letra sem o Espírito estava morta, mas que ambos [letra e Espírito] não devem estar mais separados do que a alma do corpo. Lutero disse‐lhe que ele precisava de uma palavra firme de Deus, não das experiências fantásticas de um profeta nos dias de hoje.

Quanto aos sonhos, visões e revelações de Munster, Lutero, lembrando que o Espírito Santo é representado na Bíblia como uma pomba, disse que não daria ouvidos a Munster, mesmo que “ele tivesse engolido o Espírito Santo com penas e tudo”.

Munstertornou‐se o pai de todos aqueles que crêem na infusão do Espírito que deixa de lado as Escrituras.

A Bíblia, correctamente interpretada, não nos permite distorcer os seus ensinos para se ajustar aos nossos desejos. Se a interpretarmos imparcialmente, ela não nos permitirá crer em toda e qualquer coisa. Com diz Jay Adams, a Bíblia engaja‐se no que se chama ensino antitético:

 

“a Bíblia, onde a antítese é tão importante, o discernimento _ a habilidade de distinguir os pensamentos e os caminhos de Deus de todos os outros _ é essencial. O Senhor afirma que “sábio de coração será chamado prudente” (Provérbios 16:21)

Do jardim do Éden com as suas muitas árvores (todas permitidas, uma proibida), ao destino eterno do ser humano no céu ou no inferno, a Bíblia apresenta dois, e só dois caminhos: o de Deus e o de todos os outros.

Adequadamente, está dito que as pessoas são salvas ou perdidas. Pertencem ao povo de Deus ou ao mundo. Havia o Gerizim, o monte da bênção, e Ebal, o monte da maldição. Há o caminho estreito e o largo, levando à vida eterna ou à perdição eterna. Há os que são contra nós e os que são a nosso favor, os de dentro e os de fora. Há vida e morte, verdade e mentira,

bom e mau, luz e escuridão, o Reino de Deus e o reino de Satanás, amor e ódio, sabedoria espiritual e sabedoria do mundo. Está escrito que Jesus é o caminho, a verdade e a vida, e que ninguém vai ao Pai senão por Ele. Seu é o único nome debaixo do Céu, pelo qual importa que sejamos salvos.”

 

Baseado no Livro: "Quem é Você para Julgar?"

Erwin W. Lutzer

17905111_vH359.png