Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

A Soberania de Deus

Muito cristãos preferem isentar Deus das tragédias que afectam a humanidade...
Quando são impactados por catástrofes como tsunamis, atentados, fome aqui ou ali, morte de pessoas amadas, acidentes, etc.., preferem pensar que Deus foi apanhado de surpresa :(

A pergunta é: Será que nos serve de consolo ou esperança acreditar que Deus não está no controle de tudo?
Dar a Satanás o controle decisivo, ou atribuir a dor ao acaso, não é verdadeiro, não ajuda. Quando o mundo está a desmoronar-se, precisamos da segurança de que Deus reina sobre tudo.

O Deus Todo-Poderoso reina sobre todos os afazeres dos homens, Ele reina sobre as nações: "E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos." (Daniel 2:21) Sobre o voo dos pássaros: "Não se vendem dois passarinhos por um ceitil? e nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai." (Mateus 10:29)

 

A Sua providência estende-se desde o Parlamento até à nossa cozinha. Ele governa cada parte das nossas vidas e ninguém O pode impedir: "E todos os moradores da terra são reputados em nada, e segundo a sua vontade ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem possa estorvar a sua mão, e lhe diga: Que fazes?" (Daniel 4:35)

Ele dá a chuva e retém-a: "Para chover sobre a terra, onde não há ninguém, e no deserto, em que não há homem;" (Jó 38:26) Dá a vida e tira-a: "Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu, e o Senhor o tomou: bendito seja o nome do Senhor." (Jó 1:21) Ele governa o rolar dos dados: "A sorte se lança no regaço, mas do Senhor procede toda a determinação." (Provérbios 16:33) e o surgimento dos reis: "E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis;" (Daniel 2:21).

 

Nada _ desde palitos até aos tiranos _ é afinal auto determinante. Tudo serve (querendo ou não) ao "propósito daquele que faz todas as coisas segundo o desígnio da sua vontade" (Efésios 1:11). Deus é a realidade que abarca tudo, permeia tudo, tudo governa.

Às vezes a providência divina é muito dura.

As pessoas que mais apreciam a soberania de Deus no sofrimento são aquelas que se expõem aos maiores perigos.

 

No dia 20 de Abril de 2001, a Força Aérea Peruana atirou e derrubou um avião missionário, supondo que este era um mensageiro do cartel das drogas. No avião estavam o piloto, Kevin Donaldson, e uma família de missionários, Jim e Verónica Bowers com os seus dois filhos, Charity, com 7 meses, e Cory, com 6 anos de idade. Verónica tinha Charity no seu colo, sentada atrás do no Cessna 185. Quando as balas pulverizaram o avião, um projéctil entrou pelas costas de Verónica, atravessando-a e atingindo a sua filhinha. As duas morreram. O piloto, com os joelhos estilhaçados, aterrou forçosamente num rio, e os outros três sobreviveram.

Sete dias depois, no culto de memória em Fruitport, Michigan, Jim Bowers deu o seu testemunho e explicou que a soberania de Deus na morte da sua esposa e filhinha era uma rocha sob os seus pés.

"Acima de tudo, quero agradecer a Deus. Ele é Deus soberano. Estou descobrindo mais sobre isso agora... Alguns de vocês talvez perguntem: "Porquê agradecer a Deus?"... Será que isso poderia ser o plano de Deus para Verónica e Charity; o plano de Deus para mim e para a nossa família?

Quero dizer-vos que creio que sim."

Então, ele deu quinze razões para acreditar nisso:

"Verónica e Charity foram mortas instantaneamente pela mesma bala. (Você diria que foi uma bala perdida?) E esta não alcançou Kevin, que estava directamente à frente de Charity. Parou em Charity. Foi uma bala soberana.

E o que dizer dos pilotos de guerra peruanos? Eles não teriam vontade própria? Não cometeram erros nem mesmo pecaram contra uma família missionária inocente?

Jim Bowers disse: "As pessoas que fizeram isso foram simplesmente usadas por Deus. Quer você acredite quer não _ eu acredito. Foram usadas por Deus para cumprir os propósitos divinos nisso, talvez como os soldados romanos a quem Deus usou para pregar Jesus na cruz."

Nesta vida, a nossa esperança na vida futura depende do governo de Deus sobre todas as coisas. Pode ser muito difícil aceitar isso quando a dor é muito grande, mas seria bem pior se, porventura, Deus fosse fraco e incapaz de impedir o vento que sopra ou o voo de uma bala.

 

"Vós bem intentastes mal contra mim; porém Deus o intentou para bem, para fazer como se vê neste dia, para conservar muita gente com vida." (Génesis 50:20)

 

Baseado no livro de John Piper:

 

doce_e_amarga_g.jpg