Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entenda a Palavra de Deus

Entenda a Palavra de Deus

A Malignidade da Falsa Doutrina

"Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo." Judas 1:4

 

Porque é que é tão vital lutar pela verdade?

Porque a verdade é a única coisa que pode libertar as pessoas da escravidão ao pecado e de lhes outorgar a vida eterna

"E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará"; "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." (João 8:32; 14:6).

 

Foi exactamente isso que Paulo quis dizer ao escrever que o evangelho é o poder de Deus para a salvação

"Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego."(Romanos 1:16); "Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus." (1 Coríntios 1:18)

A verdade (especificamente, a verdade simples do evangelho) é necessária para a salvação.

“[Porque]: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão se não há quem pregue? (Romanos 10:13‐14)

As Escrituras são bem claras quanto a isto: não há esperança de salvação sem que ouçamos a verdade a respeito de Cristo e creiamos nessa verdade "Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação." (1 Coríntios 1:21).

Por isso, nada é mais destrutivo do que a falsa religião. A simples ignorância já é bastante devastadora: “o meu povo está a ser destruído, porque lhe falta o conhecimento”(Oséias 4:6).

Mas, a apostasia que corrompe o evangelho é a mais sinistra de todas as iniquidades. Ela não oculta apenas o âmago de toda a verdade de todos aqueles que precisam dela desesperadamente, ela também produz mais iniquidade.

O facto é que toda a religião apóstata é dinâmica, assim como a verdade do evangelho é dinâmica _ mas a religião apóstata produz os resultados inversos. Ela intensifica a escravidão ao pecado, multiplica a contaminação do pecado e aumenta as consequências do pecado. Em todas as perspectivas, possíveis e imaginárias, a falsa religião torna a calamidade do pecado muito pior.

Os falsos mestres apóstatas que permanecem na igreja e que subvertem a fé verdadeira, são bastante subtis, mas nunca são inofensivos. A heresia produz sempre mais iniquidade. E, quanto mais uma mentira se parece com a verdade, tanto mais diabólico é o fruto que ele produz.

Além disso, o mal produzido pela falsa doutrina não é um efeito acidental ou involuntário. O próprio alvo _ e o resultado inevitável _ de toda a falsa doutrina é transformar “a graça de Deus em libertinagem” (Judas 4). Esse também é o verdadeiro alvo e a ambição de todo o apóstata. Em conformidade com Judas, na mistura de motivos iníquos que estão por trás de toda a heresia, sempre descobriremos um apetite desmedido pelas coisas iníquas.

A paixão motriz de todo o falso mestre é a concupiscência "Os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências. Estes são os que a si mesmos se separam, sensuais, que não têm o Espírito." (Judas 1:18-19)

Essa paixão pode ser um anseio pelos prazeres carnais "Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno." (v. 7), uma cobiça por dinheiro e por coisas materiais "Ai deles! porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prémio de Balaão" (v. 11), ou uma fome obstinada pelo poder "e pereceram na contradição de Coré." (v. 11).

Às vezes, a paixão que motiva os falsos mestres inclui todas essas coisas.

 

In:

17964293_vZc3P.jpg